Que só

Que só beijos calem minha boca. Que tapas sejam apenas comida.

Que só beijos calem minha boca

Que tapas sejam apenas comida

Gritos só se forem de guerra

Que só nos jogos eu perca vida

Que cinto seja só de sinto muito

Que prisão seja só de ventre

Que mentira seja só biscoito

Que ninguém sinta o que a gente sente

Que saia curta não seja tesão

Que curta seja só de filme  

Que eu saia sem medo de não voltar

Que o nosso salário seja o mesmo

Entenda que abuso não é só estuprar.

Todos os dias medo de sair de casa

Todos os dias sobrevivendo um pouco mais

Tudo o que eu queria mesmo

Era conseguir viver em paz

Que pau seja só sua cara

Que saco seja só do mercado

Que gozar seja só da vida

Ninguém merece ser abusado.

Queria que fosse diferente

Não do jeito que é 

Porque vocês não sabem 

Não, vocês não têm ideia 

De como é difícil ser mulher.

Julia Sztajn
InsTAGRAM
Outras histórias