Plano o que

Fui na psicóloga tentar achar solução para um problema e saí de lá com mais um: qual era meu plano B? E o C? E se nada der certo?

Ano passado eu procurava incessantemente uma psicóloga para dar conta do que eu chamava de “problemas”. Quem já fez essa busca sabe que nem sempre é fácil achar essa química. 

Uma das profissionais que eu fui, em uma de nossas conversas, perguntou qual era meu plano para o futuro. E eu com muita certeza respondi “me formar na CAL e trabalhar como atriz”. A psicóloga rapidamente falou que eu deveria ter um plano B porque essa profissão era dificílima. Opa! Peraí! Fui na psicóloga tentar achar solução para um problema e saí de lá com mais um: qual era meu plano B? E o C? E se nada der certo? Bom, digo a vocês (agora que voltei à sanidade), qual profissão não é dificílima nos tempos atuais? Dizer que ser advogado, médico, nutricionista é mais fácil que ser atriz talvez seja tirar o mérito desses profissionais. 

A verdade é que hoje, os jovens não aceitam ser profissionais “meia boca”. Todos querem ser muito bons no que fazem. Não por egocentrismo e sim pela nossa geração se permitir sonhar e acreditar na sua força e capacidade. E ta aí o segredo, tenha certeza que você consegue! Estude, corra atrás, faça por onde. É difícil? É! Mas pode ser seu se você quiser! A você, desejo que seu plano B seja só um outro caminho para chegar no A.

E sobre a psicóloga, nunca mais voltei nela.

Bianca Faria
InsTAGRAM
Outras histórias