A mulher é natureza

A mulher é natureza. Somos infinitas mas não nos deixam ser estrelas nem da nossa própria vida.

A mulher é natureza


É chuva 


É riacho 


Tempestade que não pode ser trovão 


Querem nos colocar no copo 


Pra beber


Pra ser vinho em jantares finos 


Pra satisfazer 


Pra escorrer sobre corpos 


Pro prazer de ter gotas 


Fazerem cosquinha 


Ser santinha é ser 


Entretenimento 


Gotas soltas 


Desperdiçadas 


Sem aguar plantinhas 


Somos natureza 


Somos semente


Mas não podemos crescer 


é proibido ser árvore 



A mulher é amamentação


É ração 


Pra alimentar cachorro 


Que só rói nosso osso


Cachorro de guarda 


Que faz tudo menos proteger 


Queremos um que nos acompanhe


Não um que lata a cada esquina 


Que observa cada passo 


Que não nos deixa mexer 



A mulher é natureza 


Somos infinitas 


Mas não nos deixam ser estrelas 


Nem da nossa própria vida 


Temos que ser lar 


Casa abandonada 


Com janelas blindadas


Esperando eles voltarem



Somos propriedade 


Eles querem nosso brilho


Pra iluminar só 


Uma sala 


Que absurdo atender a porta


Eles controlam a entrada e saída


Eles dizem que lá fora é perigoso


Mas aqui dentro somos atacadas todo dia 


Somos natureza 


E querem que vivamos com medo 



Toma cuidado


Eles dizem 


Caçadores estão à solta 

O caçador tá na cabeça de quem te prende

De quem não te aceita

O lugar da natureza é lá fora

FOGE

Ana Victoria
InsTAGRAM
Outras histórias